Home » Media » Missiologia: Vídeo 5 – Jorge Henrique Barro
Post Tagged with , , ,

7 Responses so far.

  1. Patricia souza silva disse:

    Muito interesante e verdadeiro quando ele diz que podemos levar o mesmo evangelho pra varios lugares,crença e Nacão era assim que jesus fazia quando entrava e saia de ccada povoado,pregando ensinado a verdade a palavra de Deus.Todos esses relatos Biblicos ensinados com vverdade sem mascaras palavra que vão curar pessoas que estão enfermas em todos os sentidos,palavras sabias do pastor Jorje Henrique Barro.

  2. Humberto Machado Junior disse:

    o conhecimento pastoral sempre foi e sempre será a maior riqueza de um pastor e assim sempre que ele busca conhecimento ele se alia a temática do entender melhor o ambiente que vive e que prega as palavras são fortes comandantes da sociedade e dela depende a igreja da sociedade e da palavra.

  3. Marcos Paulo Oliveira Santos disse:

    Como é de suma importancia antes de sair para evangelizar, ou até para abrir uma igreja fazer um mapeamento logistico; analisando os problemas economico e social do lugar.E o Pr.foi muito feliz!! diante da sua colocação pois, com essa busca vai conseguir ver o que as pessoas mais precisam, fazendo isto terá grande sucesso em sua comunidade pelo fato de existir diferentes contextos na missão urbana.

  4. Lucas Fortunato disse:

    Concordo com o pensamento do pastor quando usa como exemplo a cidade que a igreja esta inserida e leva os irmãos a refletir um pouco sobre a realidade da igreja nessa localidade,e logo traz um ponto que os pastores deve conhecer o local onde ele é liderança, pois assim ele terá ciência do contexto da comunidade!

  5. Fabio E. Souza Lima disse:

    Concordo com o Pr. Jorge Henrique sobre os cinco “C’s”. onde ele aborda sobre o que é necessário para entendermos e compreendermos o que é missões.
    precisamos entender a necessidade, analisar o contexto social e econômico do lugar, pois não é porque um projeto deu certo em um local que vai dá certo em outro.
    Temos que buscar mais a Deus, entender o papel de Jesus e o que Ele quer de nós. estarmos preparado para pregar, ensinar e servir.
    precisamos sair da zona de conforto, ir onde o problema está ter percepção.
    Nos tornar argentes de Cristo para trabalhar, pois somos ministros de Deus para abençoar vidas.
    Precisamos a cada dia mais nos capacitar para transformar vidas, situações e realidade.

  6. Ramile Pereira disse:

    Como já discutimos nas aulas, é muito importante pensar a respeito da missão e contextualização. O pastor traz na sua mensagem dados interessantes e a partir desses propõe importantes reflexões, lembrando-nos que a igreja precisa estar centrada na missão e disposta a sair do seu lugar, geralmente confortável, para levar outros a conhecer Jesus, ainda que o lugar que esse outro esteja, seja numa cultura diferente da sua,necessitando então do processo de contextualização, acreditando que o evangelho de transformação muda não apenas o indivíduo, mas aspectos de sua cultura que sejam desagradáveis a Deus.

  7. LUIZ RICARDO VIEIRA SANTOS disse:

    “`Eu concordo com o pastor quando ele fala que os pastores deveriam ser os primeiros a conhecer sua cidade. Entendendo o perfil onde vive, os pastores tem que pregar somente a bíblia, mas fazendo uma hermenêutica da sociedade.
    O pastor foi cirúrgico quando disse:que não devemos pregar o evangelho de qualquer forma ou tanto faz a maneira como fazemos isso, porque Jesus não fazia isto Ele pregava para pessoas em cima do que elas necessitava. A essência da pregação é a mesma, mas a forma é diferente dependendo do contexto em que vivemos.“`

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *