Home » Media » Missiologia: Vídeo 4 – Ronaldo Lidório
Post Tagged with , , ,

10 Responses so far.

  1. Jefferson Paiva disse:

    O Pastor ou missionário Ronaldo Lidório de forma simples mais sucinta, nos esclarece a respeito de missões, que num mundo goblalizdo é necessário a capacitação dos missionários para alcançar vários povos, e línguas existentes, enfatiza a forma que as pessoas eram evangelizados, com sua própria Bíblia católica, mais com a globalização, ficou inviável. Mais o mais importante é que, o evangélio não mudou, continua transformando vidas, curando pessoas, libertado e Salvando. E concordo plenamente no que refere-se o evangélio transforma homem.

  2. Elves Bento da Gama disse:

    Ronaldo Lidório nos trás não apenas informações a respeito do campo missionário, mas encorajamento para o descanso e confiança na providencia de Deus. Além de mostrar que a causa das nossas inquietudes é o desejo e a realidade da competição no meio evangélico. As informações a respeito dos povos ainda não alcançados devem nos motivar ao zelo e reinterpretação do conceito de missões.

  3. odalvo disse:

    Rinaldo Lindório faz um resumo sincero da atualidade em todo os âmbito, e os desafios da globalização, urbanização, mas no entanto falta disposição para evangelismo local, principalmente, para os ribeirinho, e indígenas, os quilombolas, os ciganos, falta de acesso de igreja, nesse meios. ou sejas a muitos a se fazer nomeio em que vivemos.
    tem muito trabalho a ser feito, e a uma fragilização,de pastores e líderes é enorme.

  4. vanessa costa da mota disse:

    O Pastor fala da amplitude de tendências nos efeitos a pós modernidade onde não há mais verdades, apenas posicionamentos, o relativismo globalizado, cada um em sua posição. lidorio chama atenção de que precisamos resgatar a teologia Paulina, na narrativa bíblica, expondo e confrontando o homem em sua totalidade.
    mostrando as dificuldades dos missionários, ministros e da igreja na pós modernidade, nos mostrando dados de lugares não alcançados.

  5. Cleiton Nunes disse:

    Existem fenômenos acontecendo ao redor do mundo que tem influenciado a ação missionária entre os povos de maneira negativa, o pastor Ronaldo destacou como sendo a globalização a primeira delas, a urbanização como a segunda, a nacionalização e por fim a fragilização da equipe missionária frente as necessidades vividas e o principal reflexo deste quadro tem sido o forte relativismo presente nas nações, onde não há mais verdade absoluta e os preceitos dogmáticos são desmerecidos à meras histórias.

  6. Maria Eduarda Nunes Barbosa disse:

    Interessante o que Pr. Ronaldo Lidório comentou sobre a contextualização do campo missionário, que os missionários de tempo atrás tinha dificuldades de locomoção é de informação acesso rápido,com o tempo foi mudando veio a globalização que tem sido uma ferramenta muito importante para o evangelhismo, principalmente em localidades difícil acesso, também devemos ensinar o evangelho verdadeiro desde primeira culto mesmo que seja de evangelhismo, ensinar exatamente tudo

  7. Ariane Machado disse:

    O pastor Ronaldo Lidório trás a superfície uma solução ao problema da contextualização. Dentro de uma sociedade globalizada como temos hoje, e até mesmo em qualquer outro modelo de evangelização, estar afastado do contexto e trazer para as pessoas a sua própria cultura gera sempre choque, e levantar e capacitar a liderança local é com certeza um achado, e uma resposta eficaz. Claro que não exclui o missionário de fora, mas conhecer, falar a própria língua, estar inserido na própria cultura é um ganho, e elimina as diferenças e choques que podem haver na evangelização. Esse crescimento envolve também novos desafios, como tudo o que fazemos, pois à medida que um país ou grupo produz mais lideres e missionários, esses também deixarão seus meios e serão estrangeiros em outras terras, e precisam ter cuidado mais uma vez e preocupar-se em formar novas lideranças onde ele esteja.

  8. Patricia souza silva disse:

    Em meio a muitas palavras do Pastor se destacou o fato de ele dizer que pprescizamos é de posicionamentos sobre as verdades que está escrita na Palavra de Deus.

  9. Vauexley Santos Simplicio de Souza disse:

    Um dos desafios da igreja é compreender o mundo, o contexto, por isso, concordo quando Ronaldo Lindório chama atenção para a importância do Ministro, dos líderes, Pastores sobre o quão é essencial que aqueles que estão a frente da igreja compreendam o contexto do mundo atual, já que estamos diante de uma sociedade líquida, na qual o relativismo já está enraizado, e com isso, põe em cheque a autoridade das escrituras, relativizando o reconhecimento da autoridade bíblica.Logo, é necessário que ao passar as gerações a igreja procure evangelizar de acordo com o contexto atual. Pois, assim como diz Karl Barth “”É preciso segurar numa mão a Bíblia e na outra o jornal”.

  10. Lucas Fortunato disse:

    O vídeo traz algo bem importante e que chamou muito a minha atenção, quando o Pastor retrato a realidade dos povos não alcançados e enfatiza principalmente para alguns grupos indígenas onde existe 103 etinias, das quais 40 são abertas para o evangelho e nunca tiveram contato com um missionário ou o evangelho, e nos traz ainda a refletir sobre os ciganos e os quilombolas, ribeirinhos e outros grupos que estão ao nosso lado e muitas das vezes são esquecidos!
    Muito bom cada detalhes e por final com a história da missionário que mediante a perseguição estava focado em seus chamado e não retrocedeu, que assim em nosso momento dificies possamos nos espelhar nesse grande exemplo também e avançar!

    Deus nos abençoe a cada dia!

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *